Páginas

Choro, Marisa Letícia

Choro, Marisa Letícia, choro, que minha vida é chorar

Choro pela pandorga que sobe, a linha arrebenta

corro atrás, mas não alcanço

Choro pelo pão com manteiga que cai no chão

Choro pelo menino que morre no Rio Cuiabá

Choro pelo cão atropelado na BR 163 em Mato Grosso

Choro pelo meu irmão, irmã, pela minha dor

Não haveria de chorar por quem me amou?

Mesmo não me vendo, nem me conhecendo

Apenas sabendo que existia e precisava desse amor.

Nenhum comentário: