Nenhum Poema Hoje

Não escrevi nenhum poema momentâneo
Não houve assunto, ideia ou inspiração
O poema, se é que assim pode-se dizer,
ficou hibernado em algum plano
e nestes instantes não sabemos alcançar

Não escrevi nenhum poema, hoje
Acordei de mau humor, coisa difícil,
mas acontece com todos os seres humanos
não importa se padre ou poeta

O poema não escrito hoje, passeia por aí,
procurando uma pena, um teclado
uma velha máquina de escrever,
enfim, um poeta desocupado
que possa ocupar as páginas em branco
com letras, frases, versos e rimas.


#Despedidas
#PoemasDeVolta 

2 comentários:

UnPoema disse...

ACHADO

Hoje achei um poema perdido,
Vagava sem dono na manhã cuiabana
Achei parecido com um poeta amigo, de coração imenso
E humor bokowskiano
Levei o poema pra casa,lhe dei por guarida uma tela em branco
No meu smartphone
Ele sorriu e gentilmente
Se acomodou por ali seus versos parcos e tortos.
Acho que ficarei com ele,
Mesmo se for de quem penso ter ele fugido.
(Antonio P.Pacheco)

João Bosquo Cartola disse...

Obrigado, querido amigo.